vidente gratis whatsapp, tarot gratis whatsapp, consulta tarot online, tarot online gratis, consulta tarot whatsapp
O que é o Tarot?
Julho 5, 2024
vidente gratis whatsapp, tarot gratis whatsapp, consulta tarot online, tarot online gratis, consulta tarot whatsapp
Mandamentos de uma boa Taróloga, por Fabia
Julho 5, 2024

Mediunidade e seu desenvolvimento


O que é a Mediunidade?


A mediunidade é a habilidade sensitiva de perceber e interagir com energias, espíritos ou entidades além do plano físico. Os médiuns podem receber mensagens, visões ou sensações intuitivas que servem como canal de comunicação entre o mundo espiritual e o mundo terreno. Essa capacidade pode ser desenvolvida e varia em intensidade e forma de manifestação de acordo com cada indivíduo.


Os praticantes são conhecidos como "médiuns".

Entre as formas mais conhecidas de mediunidade estão o transe, as mesas girantes e o tabuleiro ouija.

de Wikipedia
https://pt.wikipedia.org/wiki/Mediunidade

São pessoas que possuem a habilidade de perceber e interagir com energias e entidades do plano espiritual, servindo como intermediários entre esse plano e o mundo físico.


A existência da faculdade mediúnica não pode ser comprovada por evidências objetivas; apenas a experiência pessoal pode revelá-la.

A palavra "médium" tem origem no Latim e significa "meio". Refere-se a um indivíduo que serve como um canal de comunicação entre o mundo espiritual, onde vivem os espíritos, e o mundo material, onde vivemos. A mediunidade é considerada inata em todos os seres humanos, podendo ser desenvolvida ao longo da vida através de práticas espirituais e experiências pessoais.


 

Nenhum indício há pelo qual se reconheça a existência da faculdade mediúnica. Só a experiência pode revelá-la.

Allan Kardec

Como nossos guias incorporam
Como se comunicam

Pergunta: Todos somos médiuns?

Resposta: Todos os seres humanos são médiuns, sem exceção!


A mediunidade é nata em todos os seres humanos.


Mediunidade pode ser classificada como:


Mediunidade natural
ou
Mediunidade de prova


Mediunidade Natural

Mediunidade Natural: Esta forma de mediunidade surge como resultado da conquista de valores morais e da evolução espiritual.
Nessa situação o médium é um missionário em meio aos homens e tem sempre como objetivo a pratica da caridade e a eliminação de seus defeitos.


Um exemplo notável é Chico Xavier, que demonstrou uma profunda conexão espiritual ao longo de sua vida, canalizando mensagens e ensinamentos que trouxeram conforto e orientação para muitas pessoas.
O seu nome completo é Francisco Cândido Xavier, e entre muitas de suas obras, também ajudou a difundir o espiritismo e as palavras de Allan Kardec.

 

A vinculação do amor, esta não terminará nunca, porque o amor é a presença de Deus, e o amor continuará a nos unir uns aos outros para sempre e nos amaremos cada vez mais. Agora vamos educar o amor, porque não temos sabido amar uns aos outros, conforme Jesus nos amou.

Xico Xavier

 

Mediunidade de Prova


Mediunidade de Prova: Este tipo de mediunidade é concedido para que o médium passe por testes e aprendizados específicos ao longo de sua vida. Ela serve como um meio de desenvolvimento pessoal e espiritual, ajudando o médium a evoluir e superar desafios através de suas habilidades mediúnicas.


É uma mediunidade que deve ser desenvolvida pela pessoa que a carrega, através da realização de exercícios e trabalhos espirituais (muitas vezes dolorosos) para o desenvolvimento deste dom, pois ele vem com o propósito de pagar carmas de vidas passadas.
A mediunidade de prova traz recompensas àqueles que possuem paciência e resiliência para aceitar as dificuldades que este tipo de poder traz para suas vidas.


Mediunidade natural ou de prova, no fundo ambas têm o objetivo de ajudar almas e pessoas em sofrimento a reconciliarem com o divino e crescerem espiritualmente.


Mediunidade Natural


A mediunidade natural, decorrente da conquista de valores morais e evolução espiritual, se manifesta de forma intuitiva e harmoniosa. Exemplos incluem:


 

Intuição Forte: Capacidade de sentir energias e emoções de forma intensa, proporcionando percepções profundas sobre situações e pessoas.


Sensibilidade Espiritual: Capacidade de perceber a presença de entidades espirituais, sentir sua energia e receber mensagens intuitivas.


Empatia Profunda: Habilidade de se colocar no lugar dos outros com facilidade, compreendendo suas emoções e necessidades sem esforço.


Capacidade de Cura: Capacidade de canalizar energias de cura para si mesmo e para os outros, promovendo bem-estar físico e emocional.


Psicografia: O médium escreve mensagens ditadas por espíritos, muitas vezes servindo de canal para conselhos, orientações e revelações espirituais.


 

A Mediunidade Psicografia, (do grego, escrita da mente ou da alma), segundo o vocabulário espírita, é a capacidade atribuída a certos médiuns de escrever mensagens ditadas por Espíritos.

de Wikipédia
https://pt.wikipedia.org/wiki/Psicografia

O mecanismo de funcionamento da Mediunidade Psicografia, segundo Allan Kardec, pode ser consciente, semi-mecânico ou mecânico, a depender do grau de consciência do médium durante o processo de escrita.


No caso consciente, o menos passível de validação experimental, o médium tem plena consciência daquilo que escreve, apesar de não reconhecer em si a autoria das ideias contidas no texto. Tem a capacidade de influir nos escritos, evitando informações que lhe pareçam inconvenientes ou formas de se expressar inadequadas.


No caso semi-mecânico, o médium poderia até estar consciente da ocorrência do fenômeno, perceber o influxo de ideias, mas seria incapaz de influenciar voluntariamente o texto, que basicamente lhe escorreria das mãos. O impulso de escrita é mais forte do que sua vontade de parar ou conduzir voluntariamente o processo.


No caso mecânico, o mais adequado para uma averiguação experimental controlada, o médium poderia escrever sem sequer se dar conta do que está fazendo, incluindo-se aí a possibilidade de conversar com interlocutores sobre determinado tema enquanto psicografa um texto completamente alheio ao assunto em pauta. Isso porque, segundo Kardec, esses médiuns permitiriam ao espírito agir diretamente sobre sua mão ou seu braço, sem recorrer à mente.


 

Psicofonia: Conhecida também como mediunidade de incorporação, onde o médium empresta a sua voz aos espíritos para que eles possam comunicar diretamente com as pessoas presentes.


Clarividência: Capacidade de ver espíritos, auras e eventos que estão além da percepção normal, proporcionando visões de realidades espirituais.


Clariaudiência: Capacidade de ouvir vozes ou sons provenientes do mundo espiritual, recebendo mensagens auditivas de entidades espirituais.


Mediunidade de Cura: Capacidade de canalizar energias espirituais para promover a cura física, emocional e espiritual das pessoas.


Mediunidade de Transporte: Habilidade de desdobramento, onde o espírito do médium se desloca para outros locais, planos ou dimensões, trazendo informações e experiências de lá.


Mediunidade de Materialização: Capacidade de tornar visíveis e tangíveis os espíritos e objetos do mundo espiritual, permitindo a interação direta com eles.


Mediunidade de Efeitos Físicos: Capacidade de influenciar o mundo físico através da energia espiritual, resultando em fenômenos como movimentação de objetos, ruídos inexplicáveis e alterações no ambiente.


Esses tipos de mediunidade de prova oferecem diversas formas de desenvolvimento e aprendizagem para os médiuns, ajudando-os a cumprir seu propósito espiritual e a evoluir moralmente.

Deixe um comentário